terça-feira, 29 de dezembro de 2015

Dicas de como aprimorar a escrita por Stephen King - "Sobre a Escrita"

Olá, pessoal!

Recentemente finalizei a leitura do livro Sobre a Escrita – Stephen King. O livro traz dicas muito interessantes sobre o ofício. O autor, de forma cativante e objetiva, traz informações valiosas, principalmente aos aspirantes a escritor. Não há nenhuma fórmula mágica sobre como se tornar um escritor de sucesso, mas o livro lança uma luz aos que (como eu) buscam aprimorar a escrita. Gostei muito! Tanto, que decidi compartilhar com vocês, de forma sintetizada, os principais “conselhos do mestre King”. 




Sobre a Escrita
By Stephen King


- Fórmula: SEGUNDA VERSÃO = PRIMEIRA VERSÃO – 10%

- A escrita é o pensamento refinado. Refine seu pensamento o máximo que você puder. Refinar é simplificar.

- Lembre-se: escrever é seduzir.

- Evite a voz passiva, ela deixa tudo muito impessoal. Observe os exemplos: “A porta foi fechada”  /  “Ele fechou a porta”.

- Evite os advérbios, eles são uma PRAGA. Analisemos a frase: “Peter encarou a mulher, FRIAMENTE’. Perceba que se você precisou utilizar o advérbio “FRIAMENTE”, é porque não fez o seu trabalho direito. A condição anterior do texto já deveria de algum modo ter mostrado isso (que o olhar de Peter seria frio). Evite os advérbios também nos verbos “discendis”, exemplo: “Disse ele, calmamente”/ “Vociferou, Paul”. A prosa deve deixar isso bem claro anteriormente.

- Pare ter uma boa escrita é fundamental que você domine os fundamentos básicos: vocabulário, gramática e estilo.

Nunca se apaixone por nenhuma palavra em especial. Caso isso aconteça, você tende a repeti-la indiscriminadamente no texto.

- No seu livro, coloque pelo menos um personagem em “situação difícil” e veja como ele se sai.

- Personagens rasos não cativam o leitor.

- Fuja das descrições detalhadas. Encontre um meio termo. Deixe que o leitor faça a parte dele. Um livro onde o autor se encarrega de tudo é, no mínimo, chato. Veja os exemplos: em vez de: “Ela tinha olhos azuis que denotavam certa melancolia”, prefira: “Lea tinha olhos tristes”.

- Lembre-se: a descrição começa na cabeça do autor e termina na cabeça do leitor.

- Regra de uma boa ficção: nunca diga algo que você pode, em vez disso, mostrar. Apenas mostre o caminho e permita que o leitor faça as escolhas.

- Seja sincero nos diálogos. Às vezes “merda” soa melhor que “coco”. Observe as pessoas, como elas conversam. Os diálogos devem chegar o mais próximo do real possível. Procure analisar o perfil do personagem para ver como ele fala, ou seja, suas características: se é culto, ignorante, se mora numa cidade grande, no interior, etc.

- Não tenha vergonha do que você escreve. Você não está escrevendo para a “Legião da Decência do Circulo de Leitura das Senhoras Cristãs”.

- Quando escrevemos, a câmera está em nós. Devemos apenas mostrar ao leitor qual caminho seguir, só isso.

- Na frase, deixe o mais importante por último. Exemplo: 1) – “John o matou com uma faca”. 2) – “Com uma faca, John o matou”.

- Na ordem das coisas: utilize sempre frases sínteses seguidas de frases descritivas.

- No pano de fundo, atenha-se ao que é de fato interessante. Não descreva coisas que só são importantes para você. Panos de fundo muito extensos entediam o leitor, fazendo-o abandonar o livro.


- Criticas: todas as criticas devem ser sempre levadas em consideração, mas dê atenção especial às criticas fundamentadas: sobre a linguagem usada ou do sentido narrativo do texto.


quinta-feira, 24 de dezembro de 2015

Twenty Bucks - A tribute to Bukowski - Max Moreno

Hello everyone!

Twenty Bucks - A tribute to Bukowski é o meu novo conto na Amazon Kindle. No Brasil o conto (Vinte Pratas) foi publicado originalmente pela editora Os Dez Melhores, como parte do coletivo Big Buka. 


Charles Bukowski was a prolific underground writer who used his his poetry and prose to depict the depravity of urban life and the downtrodden in American society. A cult hero, Bukowski relied on experience, emotion, and imagination in his work, using direct language and violent and sexual imagery. While some critics found his style offensive, others claimed that Bukowski satirized the machismo attitude through his routine use of sex, alcohol abuse, and violence.

segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

A Outra Sombra - Max Moreno por R$ 1,99 na Amazon

Pois é, pessoal!

Hou hou hou... O “Bom Velhinho” deu as caras por aqui também!
Até o dia 25/12/15 você poder ter o livro A Outra Sombra (versão Kindle) por apenas 1,99. É a sua chance de conhecer uma história que pode mudar a sua forma de encarar as pessoas.

Abraço!

http://www.amazon.com.br/Outra-Sombra-Max-Moreno-ebook/dp/B008HW9B9Y/ref=sr_1_1?s=digital-text&ie=UTF8&qid=1450705905&sr=1-1&keywords=a+outra+sombra



sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

December Flower by Max Moreno no Goodreads

Olá, pessoal!

O meu conto December Flowers (As Flores de Dezembro) já está no Goodreads. Dá uma conferida lá!

O conto traz a história de um homem marcado pela falta de perspectiva e de esperança.  Vivendo à margem da sociedade, ele acredita que o mundo do crime é a sua única alternativa. Após furtar (ou pelo menos tentar) uma casa de uma família de classe média num bairro nobre da cidade, ele se surpreende diante do que encontra lá, e fica frente a frente com os seus maiores medos e angústias.



December Flower é um conto para ser lido de uma única vez, pois nos traz um momento de reflexão sobre as consequências das nossas escolhas.  O conto foi publicado originalmente em Inglês.

segunda-feira, 30 de novembro de 2015

Clarice Lispector entra na lista de melhores de 2015 do 'New York Times'


Uma coletânea de contos de Clarice Lispector (1920-1977), publicada em julho deste ano nos Estados Unidos com o título "The complete stories", entrou na lista dos 100 melhores livros de 2015 feita pelo jornal americano "The New York Times".

O anúncio foi feito na sexta-feira (27). Quem vota são os editores do suplemento "The New York Times Book Review". As obras não aparecem em ordem de colocação e se dividem em dois segmentos: Ficção & Poesia e Não Ficção (clique aqui para ver a lista completa).

A editora Rocco planeja publicar a versão nacional de "The complete stories" em abril de 2016. O título da versão nacional ainda não foi definido. Clarice Lispector nasceu em Tchetchelnick, na Ucrânia. Seu nome de batismo era Haia. Ela se mudou com a família para o Brasil em 1922 e aqui ganhou o nome de Clarice.

Em sua lista de melhores do ano, o "New York Times" escreve que "a brasileira foi uma das verdadeiras [vozes] autênticas da literatura latino-americana". O jornal cita como exemplos desses "inovadores" o argentino Jorge Luis Borges (1899-1986), o mexicano Juan Rulfo (1917-1986) e o também brasileiro Machado de Assis (1839-1908).


O trecho está na crítica de Terrence Rafferty publicada em 27 de julho, na época do lançamento de "The complete stories", que tem tradução de Katrina Dodson e edição de Benjamin Moser, biógrafo de Clarice.

Na resenha, Rafferty escreve ainda que o livro é "notável" e que "há um sopro de loucura na ficção de Clarice Lispector".




Boni se lança como autor de ficção


Tudo começou como saudade. Saudade que José Bonifácio de Oliveira Sobrinho, o Boni, sentia dos amigos que já se foram. Como encontrá-los por aqui seria empreitada custosa, o empresário decidiu, então, morrer para chegar até eles. Só na ficção, claro. O resultado dessa brincadeira, dessa "revisão afetiva", é o livro "Unidos de outro mundo - dialogando com os mortos", primeiro título do selo Estação Brasil, da editora Sextante, em parceria com a Rara.

- Como comecei na TV muito jovem, as pessoas com quem convivia eram mais velhas. Elas foram morrendo e eu fui ficando sozinho - explica ele, conhecido como o "Todo-poderoso" da Globo, emissora que ajudou a conceber e na qual ficou por 31 anos, de 1967 a 1998.

No livro, Boni é vítima de um acidente de carro fatal na avenida Niemeyer. Morto, mas totalmente consciente, logo encontra João Araújo (1935-2013), presidente da gravadora Som Livre por anos. Com seu copo de uísque Black & White na mão, João se torna seu relações-públicas no céu. "Você acabou de entrar para o Grêmio Recreativo Escola de Samba Unidos do Outro Mundo", avisa ele.

É a deixa para que o empresário, atualmente com 80 anos, comece um acerto de contas com o passado. Pelo caminho, encontra a mãe, Kina, o pai, Orlando, avós, tias, primos. Na ala profissional, esbarra com Paulo Gracindo, Cassiano Gabus Mendes, Chico Anysio, Chacrinha, Dercy Gonçalves, Carlos Manga e Roberto Marinho, entre outros. Alguns amigos da vida inteira. Outros, desafetos com quem precisava se entender, diz. Enfim, faz "reconexões", como gosta de definir.

- É uma pena que a gente perca pessoas que quer bem, sem ter resolvido com elas os problemas que queríamos ter resolvido. Registrei ali coisas que gostaria de ter dito em vida a elas - observa Boni. - Sempre disse que consegui passar a vida toda sem meu pai. Mas confesso que ele me fez muita falta.

Os personagens, conta, foram selecionados aos poucos. E à medida que os amigos iam morrendo, ele ia mudando os "componentes" da agremiação.

- Eu quis colocar pessoas mais populares, mais conhecidas do público. Aí morreu o Carlos Manga (diretor), reabri o livro. Depois foi o Miele (Luiz Carlos, ator), mudei de novo. Aí veio a Yoná (Magalhães, atriz). Estava rezando para não morrer mais ninguém - comenta ele, que usou somente histórias verdadeiras como exemplos.

Em tom bem-humorado, Boni retoma esses tais casos antigos e tenta ficar "quite" com gente como o ator Sérgio Cardoso, magoado pelo então diretor ter dado a Paulo Gracindo e não a ele o papel do bicheiro Tucão, em "Bandeira 2", de 1971. Com Walter Clark, com quem trabalhou na Globo, Boni tenta esclarecer muitos mal-entendidos que envolvem a relação profissional dos dois, e a saída de ambos da emissora.


Fonte: O Globo - Matéria completa aqui.

sexta-feira, 27 de novembro de 2015

December Flowers – Ebook de Max Moreno na Amazon


December Flowers é o novo ebook do autor Max Moreno e está disponível na Amazon/Kindle. Basta clicar no link e baixar o ebook para o seu Kindle, smartphone, tablet ou computador. O conto tem publicação exclusiva em Inglês e traz uma emocionante história sobre as consequências das nossas escolhas . 


December Flowers - Divulgação
December Flowers

Your choices can change the trajectory of those around you. DecemberFlowers is a short story about love and about the consequences of our choices. December Flowers is one of those short stories that are meant to be devoured in a few minutes. It is a really good read.

Após ler, dê a sua nota no Skoob *_*

segunda-feira, 16 de novembro de 2015

Flip vai homenagear a poeta Ana Cristina Cesar em 2016

 Ana Cristina Cesar, homenagem da Flip em 2016 - Divulgação

A Festa Literária Internacional de Paraty (Flip) anunciou ontem o autor homenageado na sua 14ª edição, que vai acontecer entre os dias 29 de junho e 3 de julho de 2016: a poeta carioca Ana Cristina Cesar. Um dos principais nomes da poesia marginal dos anos 1970, Ana Cristina se suicidou aos 31 anos, em 1983. Segundo o editor e jornalista Paulo Werneck, curador da Flip pela terceira vez, o nome da poeta esteve em discussão desde o seu primeiro ano à frente do evento. Ele destacou a influência de Ana Cristina na poesia brasileira contemporânea.

— Há muita gente ainda para homenagear e sempre fazemos um estudo das possibilidades. Eu conheci na adolescência a obra da Ana Cristina Cesar e gosto muito. De certa maneira, a poeisa brasileira contemporânea, de Ana Martins Marques, Bruna Beber e Angélica Freitas, está muito marcada por ela. É um nome que traz a homenagem para os anos 1970, que ainda não tinha sido muito explorado, uma década fundamental para o Brasil e para Paraty — afirmou Werneck.

No fim de 2013, a Companhia das Letras lançou “Poética”, obra que reuniu os livros “Cenas de abril”, “Correspondência completa”, “Luvas de pelica”, “A teus pés”, “Inéditos e dispersos” e “Antigos e soltos”, todos fora de catálogo há décadas. A curadoria editorial foi do poeta Armando Freitas Filho, amigo de Ana Cristina e o responsável legal por seu acervo, hoje sob a guarda do Instituto Moreira Salles (IMS) no Rio. Freitas ficou muito feliz ao saber da homenagem e ressaltou a força do trabalho da amiga mais de 30 anos após a sua morte.

— A Ana Cristina hoje é mais viva do que quando era viva, no sentido literário, porque são várias coisas acontecendo: filme, edição de sua obra completa, palestras no Brasil inteiro sobre o seu trabalho. Eu, como curador da obra dela, estou sempre recebendo notícias boas. E talvez a melhor notícia seja essa da Flip. Afinal, a Flip sempre homenageia grandes autores, na última edição foi Mario de Andrade, antes Drummond, Graciliano Ramos. Aí aparece a Ana ao lado deles. É um lugar mais do que merecido — disse o poeta.

Werneck aponta que a homenagem à poeta será uma maneira de abordar toda a geração da poesia marginal que vive um processo de consagração, citando a exposição “Poesia marginal — Palavra e livro”, com curadoria de Eucanaã Ferraz no IMS.

— As homenagens da Flip estavam muito centradas no meio do século XX no Brasil, nas décadas de 1940, 1950. Agora a gente desloca um pouco. A poesia marginal está junto com a Ana Cristina. É uma geração que marcou a forma de se escrever no Brasil, muito do que se faz hoje passou por nomes como Cacaso e Francisco Alvim.




segunda-feira, 9 de novembro de 2015

Escritores passam a noite produzindo contos de terror no Theatro São Pedro


Passos e vozes quebraram o silêncio que geralmente se perpetua pela madrugada nas dependências do Theatro São Pedro. Parecia assombração, mas não era. Neste fim de semana, um grupo de escritores passou uma noite no local para se inspirar: queriam criar histórias que dessem arrepios nos leitores.


Tu Frankenstein 4 é um evento que vem se consolidando na programação daFeira do Livro nos últimos anos. A residência literária que ocorreu na virada de sábado para domingo é a terceira realizada pela organização desde 2013 — mesmo que o número quatro no nome sugira algo diferente. Na verdade, a inspiração do projeto vem do famoso sarau literário noturno realizado em 1816, na Suíça, quando Mary Shelley teria dado vida à narrativa que, depois, se tornaria Frankenstein. Esse, portanto, teria sido o encontro precursor dos demais realizados em Porto Alegre. 

Fonte: Zero Hora

sexta-feira, 6 de novembro de 2015

Gisele Bündchen lança livro no Brasil


Sete meses após fazer seu último desfile, a modelo Gisele Bündchen volta à capital paulista para lançar um livro, com mais de 300 fotografias, que comemora seus 20 anos de carreira. A partir do dia 9, em todas as lojas, o exemplar do livro custará R$ 499,90.


Publicado pela Taschen do Brasil e editado por Giovanni Bianco, com a supervisão de Gisele, o livro inclue desde o lendário nu de Irving Penn, que ilustra a capa, até imagens icônicas da modelo feitas por fotógrafos como Steven Meisel, Mario Testino, Peter Lindbergh, David LaChapelle, Juergen Teller, Inez & Vinoodh, Mert Alas e Marcus Piggott e Corinne Day.





Amazon inaugura sua primeira livraria física nos Estados Unidos


Uma gigante da internet, que começou como livraria on-line, agora, mais de 20 anos depois, passará a vender livros à moda antiga. Nesta terça-feira, a Amazon inaugura sua primeira loja física, a Amazon Books. Situada em Seattle, nos Estados Unidos, esta é a primeira loja "real" da marca.

Mas nem tudo será feito à moda antiga. Os dados de navegação e comportamento dos usuários da versão virtual da Amazon serão cruciais para definir o estoque da nova loja: notas de clientes, dados de vendas, popularidades em sites como o Goodreads, tudo isso conta. Curadores também ajudarão a formar a gama de produtos oferecidos.


Além de vender livros de papel, a Amazon vai aproveitar o espaço para mostrar sua linha própria de eletrônicos. Frequentadores da nova loja poderão testar toda a família de e-readers Kindle, bem como o Echo, o Fire TV e os tablets, também da linha Fire.

Fonte: O Globo

A Outra Sombra - Resenha 2015.

Olá, pessoal!


Após alguns meses me dedicando à divulgação e promoção do livro A OUTRA SOMBRA nos EUA e Europa, estou de volta. Agradeço a manifestação de carinho de todos. Confira a mais nova resenha do livro aqui no Brasil. Um abraço a todos!



(...) Uma das características de Max Moreno com certeza é a capacidade de ser poético e assustador ao mesmo tempo. (...)


Confira a resenha completa aqui.

quinta-feira, 2 de julho de 2015

Amazon Kindle disponibiliza o livro "A Outra Sombra" para download gratuito

A Outra Sombra, o livro de estréia do escrito Max Moreno, está com download gratuito por tempo limitado na Amazon Kindle. Clique aqui e garanta o seu! ;)



Skoob
Facebook do autor
Facebook do livro

quarta-feira, 1 de julho de 2015

Após debate no Senado, editores e livrarias apoiam lei do preço fixo do livro


Um extenso debate discutiu nesta terça, no Senado, uma proposta que pretende regular os preços de livros no Brasil. O projeto de lei, da senadora Fátima Bezerra (PT-RN), institui a Política Nacional do Livro e tem como principal ideia, segundo o texto, "fomentar a produção intelectual nacional e a facilitação ao acesso da cultura impressa ou digital no país". Na prática, o que muda é que as regras para descontos ficam mais apertadas e beneficiam pequenas livrarias.

Afonso Martin, diretor-presidente da Associação Nacional de Livrarias (ANL), diz que o debate sobre o assunto é importante para editores, distribuidores e leitores. Ele cita que, no Brasil, o livro passa por um processo diferente do que acontece com outros produtos: enquanto o normal é um artigo ganhar desconto quando está ultrapassado, com livros ocorre o contrário:

– A nova lei diz que o desconto máximo é de 10% do preço de capa. No Brasil, o varejo ainda não tem regulamentação. Como a venda de livros para as grandes magazines é muito pequena, elas fazem um desconto agressivo e atraem o consumidor. Essas médias e grandes empresas não estão desbravando novos terrenos, estão ocupando o terreno deixado pelas pequenas empresas, que estão quebrando – avalia.

Além da senadora, participaram do debate o ministro da Cultura, Juca Ferreira, e associações que representam a cadeia produtiva do livro, como ANL, Liga Brasileira de Editoras, Câmara Brasileira do Livro e Sindicato Nacional de Editoras de Livros (SNEL). De acordo com a senadora petista, a presença de debatedores foi "extremamente representativa":

– A lei cria um ambiente saudável para que a concorrência entre as pequenas, médias e grandes livrarias se dê em níveis de razoabilidade. Acaba ganhando todo mundo.

Marcos da Veiga Pereira, presidente da SNEL, diz que a lei precisa ser "um pouco mexida em sua redação", mas garante que a ideia é apoiada pelos editores. Segundo ele, a atual situação do mercado permite "situações abusivas":

– O que a gente viu nos últimos anos no mercado é uma utilização do livro como porta de entrada para o varejo online, principalmente. Cria uma percepção de preço errada. O consumidor passa a achar que o livro vale 60% do livro dele. A gente precisa de uma rede muito fortalecida de livrarias. Para ter mais livrarias, é preciso protege-las.

Agora, o grupo pretende promover mais um debate, durante a Feira Literária Internacional de Paraty. Depois disso, o projeto deve seguir os trâmites na Câmara e no Senado, antes de chegar à mesa da presidente.

Fonte: Zero Hora


sexta-feira, 26 de junho de 2015

Mário de Andrade, o escritor com caráter


No ano do 70º aniversário da morte do escritor paulista, a revelação de uma carta em que ele fala de sua homossexualidade e a edição de um livro inédito convidam a reler e reavaliar sua obra. “Ai, que preguiça”, diria seu grande herói, Macunaíma.


Por: Veja.com

quinta-feira, 25 de junho de 2015

Concurso literário Brasil em Prosa vai premiar contos inéditos de novos talentos


Carola Saavedra foi finalista do concurso Contos
 do Rio, no passado, e agora é jurada da nova seleção


Os concursos literários sempre tiveram papel fundamental na revelação de novos talentos da literatura brasileira. Na década de 1930, o poeta alagoano Lêdo Ivo, morto em 2012, recebeu o primeiro impulso para sua carreira ao vencer uma disputa de contos da “Revista Carioca”, aos 14 anos. Anos mais tarde, Fernando Sabino e Clarice Lispector, ainda jovens e desconhecidos, pela primeira vez seriam reconhecidos pela mesma publicação. E embora a ascensão dos livros digitais e o surgimento das ferramentas de autopublicação, no século XXI, tenha derrubado a última barreira que impedia um estreante de publicar sua obra, o reconhecimento garantido por um concurso ainda é um prêmio cobiçado. Pensando nisso, O GLOBO e Amazon se uniram, com o apoio da Samsung, para criar o concurso Brasil em Prosa, que premiará contos publicados exclusivamente em e-book através da plataforma Kindle Direct Publishing (KDP) — que permite que qualquer autor publique sua obra e a coloque à venda na loja virtual. As inscrições estão abertas a partir de hoje através do site www.brasilemprosa.com.br.

Os textos deverão ser inéditos, escritos em português, de autoria exclusiva do participante (não serão aceitos contos em co-autoria) e não poderão ultrapassar os 6 mil caracteres, incluindo os espaços. O prazo de inscrição termina em 31 de julho. Cada escritor pode inscrever quantos contos quiser, mas apenas um poderá ser premiado.

— Ao mesmo tempo em que estimula a literatura e funciona como vitrine de novos talentos, o concurso Brasil em Prosa é uma forma de divulgar o DNA digital do GLOBO para todo o país. O concurso surgiu como fruto de um desejo de ambas empresas em fomentar o consumo de obras digitais através de novos autores independentes brasileiros — afirma Melissa Beltrão, gerente-geral de Negócios do GLOBO.


Ao entrar no site, o autor deve seguir as instruções para publicar a obra através da KDP. No campo “palavras-chave” é necessário colocar #brasilemprosa. É através dessa hashtag que a Amazon identificará que o conto está participando do concurso. O preço máximo do título colocado à venda deve ser R$ 5,99. O serviço de atendimento da empresa, que auxilia os usuários da plataforma de autopublicação, também vai tirar dúvidas de quem quiser participar do concurso. Natalia Montuori, gerente da KDP no Brasil, explica que as obras publicadas entram no ar em 48 horas e ficam disponíveis para leitores de todo o mundo.

Amazon Kindle libera download gratuito de “Além de Mim”, novo conto do escritor Max Moreno

Além de Mim - Conheça o novo conto do escritor Max Moreno. Amazon Kindle está disponibilizando o download gratuito do livro até o dia 28/06. Aproveite!! Clique aqui e garanta o seu!



Sinopse:

Um homem atormentado por lembranças de um passado sombrio. O assassinato do pai (um sujeito desprezível) o faz trilhar um caminho repleto de armadilhas e incertezas. Tudo é posto à prova, principalmente a sua sanidade mental. Algumas vezes a realidade pode ser algo completamente improvável. Além de Mim – É um conto do escritor Max Moreno (A Outra Sombra). Uma trama misteriosa, desconcertante e SURPREENDENTE.

Qualifique o livro no Skoob

Facebook Max Moreno


quarta-feira, 24 de junho de 2015

O Escaravelho do Diabo: Adaptação do clássico da literatura nacional tem estreia adiada para 2016

O Escaravelho do Diabo, filme que adapta o clássico literário homônimo de Lúcia Machado de Almeida, teve sua estreia adiada em algumas semanas.


Anteriormente previsto para chegar aos cinemas em dezembro desse ano, o filme teve seu lançamento remarcado para o dia 14 de janeiro de 2016.

Lançado em 1972 como parte da Série Vaga-Lume, O Escaravelho do Diaboacompanha uma série de crimes contra pessoas ruivas numa cidadezinha do interior de São Paulo. Irmão de uma das vítimas, o jovem Alberto (Thiago Rosseti), de 13 anos, decide investigar o caso com a ajuda do desacreditado Inspetor Pimentel (Marcos Caruso).

Carlos Milani fará sua estreia na direção no longa-metragem, que ainda conta com os experientes Selma Egrei e Jonas Bloch no elenco.

Fonte: Adoro Cinema


sexta-feira, 19 de junho de 2015

Além de Mim - Max Moreno


Conheça o mais novo conto de Max Moreno!
Além de Mim – Instigante; misterioso e absolutamente SURPREENDENTE.



Facebook Max Moreno
Skoob Além de Mim
Amazon Kindle - Compre aqui


segunda-feira, 25 de maio de 2015

Por escrito: “Indiferença”, por Max Moreno



Indiferença

E aqui estou; escrevendo.
Não sou poeta, nem escritor. Nem sei quem sou.
Um tímido aceno e, elas, as palavras, me retribuem.
Deixo o vento soprar… E escrevo (...).

Veja o texto completo aqui!

sexta-feira, 22 de maio de 2015

J.K. Rowling fica escandalizada com a semi-nudez de Neville Longbottom


J. K. Rowling encarou com muito bom humor o fato de Matthew Lewis (25 anos), - ator que interpretou Neville Longbottom nos filmes "Harry Potter" – ter posado semi-nu para a capa da revista Attitude no Reino Unido.

Apesar de considerar hilário, Rowling se disse escandalizada ao ver o estudante de Hogwarts fora de suas vestes da Grifinória (embora ela tenha reconhecido que não foi tão ruim quanto assistir ao famoso desempenho da nudez de Dan Radcliffe em "Equus").

quinta-feira, 14 de maio de 2015

The Other Shadow - Escritor Max Moreno tem livro vendido no Japão

Made in Brazil...

The Other Shadow - Divulgação

O livro A Outra Sombra, do escritor brasileiro Max Moreno, já está disponível para os leitores japoneses. Desde abril deste ano (2015), The Other Shadow (versão em Inglês de A Outra Sombra), publicado pela editora America Star Books, já está à venda em vários países, entre eles: EUA, Inglaterra, Alemanha, Japão e Canadá. O livro ganhou repercussão no Brasil, depois de se tornar um dos mais lidos e comentados na Internet. Max, agora ganha terreno também em outros países, apresentando seus personagens enigmáticos, e um enredo carregado de tensões psicológicas. 

quinta-feira, 9 de abril de 2015

Divulgada a capa de "The Other Shadow" (A Outra Sombra)

Editora americana America Star Books divulga a capa da publicação em Inglês do livro A Outra Sombra do autor brasileiro Max Moreno

Capa The Other Shadow - Divulgação

The Other Shadow (A Outra Sombra) tem previsão de lançamento ainda para este ano de 2015, e estará nas livrarias físicas e virtuais dos Estados Unidos, Canadá e Inglaterra. A adaptação da obra de Max Moreno para o Inglês, está sendo feita pela editora, que promete manter o mesmo clima de suspense e a mesma “pegada psicológica” da versão em Português.

A versão brasileira do livro (que conquistou leitores de blogs em todo o Brasil) traz personagens com perfis psicológicos extremamente fortes, numa constante provocação ao leitor. (confira matéria do Portal R7 – Record)

Compre aqui!

A Outra Sombra
Número de páginas: 240 
Edição: 1(2014) 
ISBN: 9788582735640 
Formato: A5 148x210 
Coloração: Preto e branco 
Acabamento: Brochura c/ orelha 
Tipo de papel: Offset 75g

Versão digital: Saraiva

quarta-feira, 25 de março de 2015

Paulo Coelho cancela participação no Salão do Livro de Paris


O escritor Paulo Coelho cancelou sua participação no Salão do Livro de Paris nesta segunda-feira.

Não havia horário definido para a participação de Coelho no pavilhão brasileiro, já que o escritor, que estava em Santiago de Compostela, não sabia quando conseguiria chegar na França.

O autor tinha prometido à curadora do evento, Guiomar de Grammont, que estaria presente na segunda. Durante todo o evento, porém, havia uma suspeita geral de que ele poderia não aparecer.


Coelho repete a Feira de Frankfurt de 2013, quando também cancelou sua presença de última hora na delegação de 70 escritores brasileiros. Na época, sua justificativa foi a ausência de outros nomes da cena literária do país, como Raphael Draccon.

sexta-feira, 20 de março de 2015

Autor de "A Outra Sombra" assina contrato com editora americana

Um ano após lançamento no Brasil, livro ganha versão em Inglês

A Outra Sombra - Divulgação

O escritor paranaense Max Moreno assinou contrato com a editora americana American Star Books. O autor terá seu livro (A Outra Sombra – publicado no Brasil pela Editora Multifoco em março de 2014) traduzido para o Inglês, publicado e comercializado nos Estados Unidos, Canadá e Inglaterra. Max nos conta que ficou surpreso ao receber o “sim” da editora, que demonstrou interesse na tradução e publicação da obra.

De acordo com Moreno, a America Star Books segue o mesmo padrão de publicação das editoras consideradas “tradicionais” no Brasil. Neste método de publicação, todo o investimento na produção, tradução e editoração do livro, fica sob a responsabilidade da editora, que, por acreditar no potencial da obra, assume todos os riscos.

AOutra Sombra (versão em Inglês) tem previsão de lançamento ainda para este ano de 2015. O livro estará disponível nas livrarias físicas e virtuais dos Estados Unidos, Canadá e Inglaterra.

Sobre o autor

MaxMoreno é escritor romancista, poeta, radialista, redator e professor de Inglês. Seu livro de estreia (A Outra Sombra) foi um dos mais comentados e resenhados na Internet, rendendo matérias em vários sites conceituados no Brasil, entre eles o Portal R7 da Rede Record.

Fonte: CRN Online


Compre aqui!
Edição
: (1) (2014) 
ISBN: 9788582735640 
Número de páginas: 240 
Tópicos: 
Literatura Nacional. 
Gênero: 
suspense, romance, ficção.